CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

O DIABO À SOLTA
Quando algum mal vai e volta
Não se sabendo a razão
Diz-se que o diabo anda à solta
E já não há salvação.

Toda a terra tem sua lenda
De faceta um pouco torta
Em cada caco sua venda
Quando algum mal vai e volta.

Sabendo que por natureza
Não há bela sem senão
Existe sempre a incerteza
Não se sabendo a razão.

Por mais que se busque o bem
Há sempre defeito à volta
Para não se culpar ninguém
Diz-se que o diabo anda à solta.

E toda a trama acontece,
Burla, crime, exploração,
Ter lata só fortalece
E já não há salvação.

No dia de São Bartolomeu
Anda à solta o velho diabo
Como hoje nunca aconteceu
Ser tão certo este ditado.

É o diabo, sim, é o diabo,
Surgir a cada momento
Um buraco a fazer estrago
E ninguém dar travamento.

Frassino Machado
In GLOSAS & BANDARILHAS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 26/08/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras