CANTO DE FRASSINO

Os meus horizontes são de Vida e de Esperança !

Textos

OS MUROS E AS MÁSCARAS
«Ode Anti – Trump»  

Nos fóruns mais acesos fala-se de muros,
Fala-se de muralhas, fala-se de vedações,
Fala-se de barreiras, fala-se de invasões,
Fala-se de passados, presentes e futuros.

Está na moda esta vilania enfadonha,
Olvidando os valores ditos ancestrais,
E esquecendo-se de que são presas de chacais
Tecem vingança revanchista e sem-vergonha.

É bem curta a memória destes Maiorais
Que nunca aprendem as lições da história mãe
E mesmo sabendo que as neuras vão e vêm
Apagam-se-lhe da mente todos os sinais …

Há muros feitos e muralhas levantadas
Para conter os medos e as demais fobias,
Mas pelo despoletar das trágicas tropelias  
Cairão por terra quais façanhas esvaziadas.    

Imperadores e reis em ídolos se elevaram
Fingindo um poderio forte e imorredoiro
Mas, porém, como nem tudo o que brilha é oiro
Os pés dos ídolos barrentos se tornaram.  

Fazem-se surdos ao que os Sábios dizem ou não
Ao verem dos balofos heróis a cobardia,
Mostrando ao mundo a máscara da valentia
De que “é vergonha entre cordeiros ser Leão!»

Que poderão fazer as imortais muralhas
Contra a força das invencíveis Sumidades?
Que poderão fazer os muros das cidades
Contra os sonantes vencedores das batalhas?

Poderão resistir os muros contra os Césares
E contra as vagas indomáveis dos Mongóis,
E contra os ventos “das sete luas e sete sóis”,
Quando o destino rasga trincheiras e hangares?

Que diriam Alexandre, Átila ou Gengis Khan,
Que diriam Adriano, El Cid ou Coração de Leão,
Albuquerque, João de Castro ou Tamerlão,
Ao verem as artimanhas tombadas p´ lo chão?

Há sempre um Waterloo esperando Bonaparte
Que do exílio de Santa Helena gritará,
Ao ver que o sonho deste Trump cairá:
“Rasga essa máscara, falta-te engenho e Arte!”


Frassino Machado
In ODIRONIAS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 27/01/2017
Alterado em 27/01/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras